Conheça mais sobre financiamento imobiliário

Entenda mais sobre o assunto do financiamento imobiliário e conheça as quatro formas mais famosas do país de obter a oportunidade de garantir o sonho da casa própria.

Conheça mais sobre financiamento imobiliário

Conheça mais sobre financiamento imobiliário

Você já ouviu falar do famoso financiamento imobiliário? Essa forma de empréstimo obtido torna capaz que brasileiros com todos os tipos de rendas se aproximem do sonho da casa própria, a depender de algumas regras.

Enquanto o sonho de casa própria acompanha o dia a dia de praticamente qualquer brasileiro, os valores dos imóveis parecem estar se tornando cada dia mais inacessíveis.

Pensando nisso, diversas formas de financiamento imobiliário foram disponibilizadas no país, permitindo que cada perfil de morador se encontre em uma das opções existentes.

Entenda mais sobre cada uma delas e descubra qual é a perfeita para você e de que forma você pode obtê-la!

Conheça mais sobre financiamento imobiliário

O ato de apostar em um financiamento imobiliário nada mais é do que contar com uma instituição ou entidade – sendo ela governamental ou privada – para obter um empréstimo na hora de comprar sua própria casa.

Uma vez concedido esse empréstimo, uma série de regras acompanham o caminho do financiamento imobiliário. Essas regras incluem:

  • Taxas de juros;
  • Tempo disponibilizado para que seja efetuado o pagamento;
  • Valor coberto no total do imóvel;
  • Valor máximo do imóvel;
  • E muito mais.

Assim sendo, é interessante conhecer as principais formas de financiamento imobiliário e descobrir qual delas mais se encaixa nas suas demandas e nas suas necessidades individuais na hora de obter um imóvel próprio.

Conheça mais sobre financiamento imobiliário: SFI

O financiamento imobiliário SFI é a forma mais recente de financiamento do país e é geralmente utilizada por indivíduos que não cumpram as regras e normas para utilizar o financiamento imobiliário SFH.

O financiamento imobiliário SFI foi criado no ano de 1997 e, desde então, tem mostrado formas mais abrangentes de auxiliar aqueles que desejam adquirir sua casa própria em comparação ao financiamento imobiliário SFH.

Ele possui algumas poucas normas e regras, mas, no geral, uma vez que oferece financiamento imobiliário através de instituições privadas, conta com taxas maiores de juros e tempos definidos para o retorno do valor.

  • Isso acontece uma vez que a instituição privada que oferece o financiamento possui altas chances de risco, apostando em formas seguras de se manter em funcionamento.

O prazo de pagamento dos valores é de 10 anos para móveis comerciais e de 35 anos para móveis residenciais.

Um bom diferencial a ser pontuado entre o financiamento imobiliário SFI e o financiamento imobiliário SFH é o fato de que a segunda opção não aceita financiamento para imóveis comerciais.

Entender como funciona o método de financiamento imobiliário SFH também auxilia muito na compreensão do financiamento imobiliário SFI. Portanto, confira abaixo.

Conheça mais sobre financiamento imobiliário: SFH

O financiamento imobiliário SFH foi criado no ano de 1964 com a intenção de auxiliar indivíduos de classes de renda mais baixas a conquistarem suas casas próprias.

Porém, para poder atender a um público mais segmentado, um conjunto de normas e regras foi definido.

Inicialmente, o valor do imóvel – que deve ser estritamente residencial – não deve ultrapassar o valor de novecentos e cinquenta reais em sua avaliação.

Em seguida, é imprescindível que, uma vez obtido o financiamento imobiliário, apenas o financiado use a casa para morar – sem que ninguém possa fazê-lo em sua ausência.

Ele também está proibido de utilizar a casa para fins comerciais, aluga-la, revende-la ou usá-la de qualquer forma que não expresse objetivamente a ideia de moradia pessoal.

O financiamento imobiliário SFH possui taxas de juros menores que o financiamento imobiliário SFI, sendo uma opção excelente para aqueles que se enquadram em suas regras.

Além disso, o financiamento imobiliário SFH permite que seja usado o Fundo de Garantia de Tempo de Serviço – FGTS e a caderneta de poupança para que seja realizada a amortização.

Conheça mais sobre financiamento imobiliário: carteira hipotecária

Lançada em 1936 pelo Presidente Getúlio Vargas, essa forma de financiamento imobiliário pode até mesmo ser analisada como uma forma anterior de financiamento similar ao financiamento imobiliário SFI.

Seu contrato é bastante flexível em termos de valores de imóveis, o financiamento de imóveis comerciais e muito mais.

Seu contrato é definido de acordo com a instituição privada que oferecer o financiamento imobiliário, sendo importante se informar com ela sobre suas condições específicas e analisar se elas se adequam a suas necessidades.

Conheça mais sobre financiamento imobiliário: Minha Casa, Minha Vida (MCMV)

Finalmente, a forma mais conhecida de financiamento imobiliário é o programa Minha Casa, Minha Vida, que é famosa por seus baixos valores de juros e sua atitude voltada para indivíduos com rendas mais baixas.

Sendo regido pelo governo, o Minha Casa, Minha Vida é concedido a futuros donos de suas próprias casas através da conferição de uma série de regras, que incluem:

  • Possuir uma renda que varie entre mil e oitocentos reais e nove mil reais, sendo esse valor dividido em 4 faixas (1, 1,5, 2 e 3) e levando em consideração a renda de toda a família.
  • Quanto menor a renda da pessoa que procura por essa forma de financiamento imobiliário, menores são as taxas de juros e maiores são os subsídios governamentais oferecidos.

O financiamento imobiliário é oferecido em até mesmo 360 meses e depende em grande escala da localização do imóvel.

O programa é regido pela Caixa Econômica Federal e todas as comprovações pedidas devem ser feitas pessoalmente, sendo fundamental contatar o banco para compreender mais sobre o que é necessário ter para participar dessa formas de financiamento imobiliário.

Conclusão

Existe quatro grandes formas de financiamento imobiliário e, certamente, uma delas é capaz de atender às suas necessidades especiais através de sua realidade.

As taxas de métodos de financiamento imobiliário como o financiamento imobiliário SFI e a carteira hipotecária contam com questões específicas de cada banco que oferece o serviço, enquanto as duas outras já possuem regras mais fixas de serem acessadas e compreendidas.

Em todo caso, conte com um profissional na hora de escolher a melhor forma de financiamento imobiliário para você e descubra o melhor custo-benefício disponível atualmente no mercado. Boa sorte!

2018-08-20T21:17:58-03:00