Conheça as características do Projeto de Cabeamento Estruturado

Com a utilização cada vez maior de equipamentos de comunicação, o uso de computadores e outros equipamentos interligados por redes se tornou algo indispensável tanto para empresas como para residências já há bastante tempo.

Por conta da demanda exigida pelo maior volume de consumo desses equipamentos, é preciso ter uma rede sempre estável e bem planejada que possibilite compartilhar toda as opções multimídias.

Para que se tenham essas redes estáveis é fundamental a instalação de infraestruturas e projeto de cabeamento estruturado, sistema baseado na padronização de conectores e meios de transmissão.

Principais características do Projeto de Cabeamento Estruturado

Enquanto no cabeamento não-estruturado os sistemas de telefonia, rede e vídeo eram independentes e utilizavam estruturas separadas, no cabeamento estruturado todos esses recursos se unirão em um sistema comum de cabeamento.

Todos os seus elementos são planejados para obter os melhores resultados possíveis. Alguns desses elementos são:

  • Tipo de cabo e seus encaminhamentos
  • Equipamentos
  • Servidores
  • Estações de trabalho

Para executar esse planejamento e concluir a implementação do cabeamento estruturado, são realizadas 4 etapas principais, que são:

Infraestrutura de entrada: define as instalações de entrada para realizar a interface entre o cabeamento externo e o cabeamento estruturado.

Sala de equipamentos: setor separado especificamente para agrupar os equipamentos principais da rede, como servidores, roteadores, switches e armários de conexões principais.

Cabeamento vertical: interliga os armários da sala de equipamentos aos armários de telecomunicações. Em cada andar é destinado uma sala para esses armários que tem a função de ligar o cabeamento vertical ao cabeamento horizontal.

Cabeamento horizontal: interliga os cabos de cada sala de telecomunicações até as tomadas das estações de trabalho para interligação dos equipamentos dos usuários à rede.

Normas e padrões de Cabeamento Estruturado

Os Projetos de Cabeamento Estruturado são regidos por padrões e normas internacionais.

As normas tratam das disposições dos cabos, das infraestruturas de caminhos e espaços e de sua identificação e administração.

Com a criação dos cabos de par trançado, por volta de 1990, o cabeamento estruturado pôde enfim progredir e por isso também surgiu a necessidade de criar essas normas que padronizassem os cabos, seus conectores e também os procedimentos.

As principais normas existentes e suas especificações são definidas pela EIA (Eletronic Industries Alliance) e pela TIA (Telecommunications Industry Association), além da norma brasileira definida pela NBR.

Veja as principais:

Norma EIA/TIA 568: especificação geral sobre cabeamento estruturado em instalações comerciais.
Norma EIA/TIA 569: especificação geral para encaminhamentos de cabo (infraestrutura, canaletas, bandejas, calhas, etc).
Norma EIA/TIA 570: especificação geral sobre cabeamento estruturado em instalações residenciais.
Norma EIA/TIA 606: administração da documentação da estrutura de cabeamento.
Norma EIA/TIA 607: especificações de aterramento.
Norma NBR 14565: especificações brasileiras de cabeamento estruturado para Edifícios Comerciais e Data Centers (é equivalente a EIA/TIA 568).
Norma ISSO/IEC 11801: norma europeia para o sistema de cabeamento de telecomunicações (é equivalente a EIA/TIA 568).
Norma TIA 942: diretrizes para o cabeamento de fibra óptica (envolve, além da infraestrutura e da tipologia, a segurança, a proteção contra incêndio e proteção ambiental).

Importância e benefícios do Projeto de Cabeamento Estruturado

Fazer toda a implementação de cabeamento estruturado principalmente nas empresas tem muita importância, já que traz organização e facilidade no momento da instalação de novos equipamentos ou na substituição de alguns deles.

Sem o cabeamento estruturado, ficará difícil não ter desordem em uma futura inclusão de equipamentos.

Isso pode prejudicar o tráfego de informações, deixando a rede lenta e com ruídos de difícil identificação.

O projeto de cabeamento estruturado também traz uma série de benefícios como:

  • Manutenção rápida e simples
  • Fácil instalação de conexões novas
  • Custo reduzido a médio e longo prazo
  • Fácil identificação de erros
  • Integração de diversas aplicações em um único cabeamento
  • Possibilita vida útil maior para o sistema de cabeamento
  • Utilização máxima da capacidade de rede
2018-08-28T15:26:55-03:00